Como se proteger e proteger seu pet da leishmaniose

100% Saúde – A leishmaniose visceral é uma doença infecciosa, porém não contagiosa, transmitida somente pela picada do mosquito-palha infectado e ela pode matar tanto pessoas como animais. É uma doença potencialmente letal para humanos, se não for tratada a tempo. Em cães, manifesta sinais clínicos que mimetizam uma enorme gama de outras patologias mais comuns, o que torna seu diagnóstico ainda mais difícil pelo médico veterinário, como alterações em vísceras, hematológicas e tegumentares.

Algumas medidas são importantes para ajudar a prevenir a doença, entre elas:
• Mantenha seu quintal e a casinha de seu cachorro sempre muito limpos.
• Deixe seu pet protegido nos horários que o mosquito age, ao amanhecer e no cair da noite. Instale em sua casa e na casinha ou canil de seu cão, telas com buracos bem pequenos.
• Evite o acúmulo de matéria orgânica em seu quital, como restos de comida, montes de folhas ou fezes de animais.
• Use produtos veterinários destinados a repelir o mosquito como coleiras, sprays, xampus.
• Faça o exame em seu cão e vacine-o, pois isso aumenta consideravelmente as chances de o animal ficar protegido contra a Leishmaniose.
• Fique atento à saúde dele, em caso de suspeita leve-o imediatamente ao veterinário.

Hoje é o dia mundial da doação – Nossos Pets podem salvar vidas!

100% ajuda – Compartilhe este post e ajude a salvar a vida de muitos animais! Hoje é o dia mundial da doação de sangue e você sabia que assim como os humanos os cães também podem doar sangue e ajudar a salvar vidas? E que a cada doação é possível salvar até 4 cãezinhos?
A cada doação, seu cão receberá uma avaliação completa de sua saúde com exames laboratoriais.

Conheça alguns casos nos quais pode haver a necessidade da realização de transfusão:
• Anemias por sangramentos (ex: atropelamentos, quedas, mordidas);
• Anemias por destruição sanguínea e doenças imunomediadas primárias ou secundárias;
• Doenças que alteram a coagulação (ex: intoxicação por veneno dos ratos, hemofilias);
• Pancreatite;
• Tumores;
• Diminuição das proteínas do sangue (ex: doenças hepáticas, renais ou intestinais);
• Cirurgias (ex: sangramentos excessivos, tumores)

Requisitos para seu cão ser um doador de sangue:
•Ser dócil
•Ter entre 1 e 8 anos
•Ter acima de 25Kg
•Não estar gestante nem lactante
•Ser vermifugado e vacinado

A doação de sangue dura em média 15 minutos e pode ser repetida em intervalos de 3 em 3 meses.

Procure um banco de sangue na sua cidade!

Informações cedidas pela Vetpat Laboratório Veterinário (Faça seu cadastro pelo telefone (19) 4062-9232 ou pelo e-mail: bancodesangueveterinario@vetpat.com)

Mês da Saúde Bucal – 100% Pet

100% saúde oral – Os pets também sofrem com dor de dente, quem já teve dor de dente entende a importância desta campanha. A prevenção é a melhor alternativa. Traga seu pet ao veterinário e evite esse problema. Ajude-nos a divulgar esta campanha.

Outubro Rosa

 

100% Outubro Rosa – Outubro é um mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama. Nossos pets também podem desenvolver essa doença, então veja dicas do Dr. Rafael Cuconati, oncologista Veterinário da Clínica Verlengia.

Outubro é o mês da prevenção contra o Câncer de Mama, doença que pode afetar não só os seres humanos, mas todos os mamíferos. Por isso, pensando na Campanha de Outubro Rosa que se espalhou por todo o mundo, a rede 100% PET vai promover um evento de conscientização pela prevenção do Câncer de Mama em gatas e cadelas. A ação será realizada em quatro unidades da rede. Em campinas, a loja Norte-Sul participará da campanha, no sábado (22), das 9h às 13h. Além de Campinas, também participarão as unidades nas cidades de Limeira, São Bernardo do Campo e Campo Grande. A programação contará com orientações sobre a importância da castração e do diagnóstico precoce, além de orientações aos proprietários sobre como fazer este exame nas fêmeas sem precisar sair de casa. “Entre as cadelas, câncer de mama é a doença mais frequente, chegando a 50% dos casos de câncer; entre as gatas, é a terceira doença mais diagnosticada”, afirma o Dr. Rafael Cuconati, Oncologista Veterinário da Clínica Verlengia. “O objetivo da campanha é reforçar a importância do diagnóstico precoce, assim como em seres humanos, para ter um prognóstico melhor e maiores chances de cura. Quanto antes o câncer for diagnosticado, maiores as chances de eliminação total da doença”, acrescenta. “O exame de apalpação nas cadelas e gatas deve ser feito pelo proprietário como rotina, assim como em mulheres, procurando por qualquer volume anormal”. Também temos que pintar outubro de rosa para os animais, não só para as mulheres. As cadelas e gatas também precisam de cuidados!